CALCULE SEU FRETE

Somos Wagner e Michele, um casal apaixonado por cervejas. Como todo apreciador de cervejas, começamos a nos questionar porque tudo gira em torno do fermentado alcoólico de milho com aroma de malte (hehehe) que a mí­dia insiste em enfiar nas nossas cabeças. O caminho mais óbvio após essa pergunta é buscar referências nas importadas industriais.

Até que um dia, em uma pizzaria em Campinas (perto do Brejas, aliás), tivemos a oportunidade de degustar uma Bamberg Rauchbier. O primeiro espanto foi: "Nossa, gosto de bacon", mas em seguida a pergunta: "Se existe cerveja assim, o que mais deve existir então?"

Depois de fuçar um pouco na internet, viajar pela Bélgica, Alemanha, Holanda, Inglaterra e Estados Unidos descobrimos que as importadas tão cultuadas aqui, são o básico lá e que eles também têm suas cervejas locais e uma forte cultura de valorização desses rótulos.

Decidimos então conhecer mais desse incrí­vel universo das cervejas artesanais brasileiras e percebemos que havia uma grande revolução iniciada por cervejarias como a Bamberg (da cerveja de bacon), Bodebrown, Wäls e Way criando uma nova cultura cervejeira que está pipocando por todo o Paí­s.

Essa efervescência cervejeira despertou o espí­rito empreendedor de vários cervejeiros caseiros que estão se empenhando para produzir e comercializar suas paixões para esse novo público consumidor.

A pergunta é: como essa cerveja chega até você?

As microcervejarias que estão em destaque já possuem seu canal de distribuição se estabelecendo. Os clubes convencionais já as oferecem aos seus sócios, mas quem cuida dessa turma de destemidos que estão produzindo ótimas cervejas Brasil afora?

Então tivemos a ideia de criar o hophunters para garimpar as melhores cervejarias artesanais do Brasil e torná-las acessí­veis aos bebedores que estão cada vez mais curiosos.

Mas não fazí­amos ideia de como construir um site. Foi nesse momento que chegou o Victão, um profissional de TI que já tem no sangue o gosto pelo pão lí­quido, mas que ainda não era iniciado no mundo das cervejas artesanais. Então, fomos até a Bamberg Express de Campinas e fizemos o batismo, começando por uma Pilsen, depois uma Helles e por fim uma Schwarzbier.

Batismo feito, projeto montado e estamos aqui.

Venha conhecer a cerveja brasileira! Venha fazer parte da revolução!